Archive for the 'Uncategorized' Category

pekmenu

nc

Pekmenu é um shellscript que gera a partir de um arquivo de texto um menu dinamico de programas. O arquivo de texto localizado em ~/.menu contém por linha o nome do aplicativo, a categoria, e comando para executa-lo (este entre aspas duplas) , ex.:

gimp graphics “gimp”

irssi chat “xterm -e irssi -c freenode”

pidgin chat “pidgin”

podendo ser editado manualmente e de acordo com o gosto do usuário, também pode ser usado com os menus /etc/xdg/menus ou /etc/share/applications (com as devidas adaptações) , os arquivos de menu e o script podem ser baixados na seção de scripts, bastanto por os arquivos em seus devidos lugares e pronto, se você usa pekwm não vai ter dificuldades.

Anúncios

My next keyboard

A vingança do berimbau

A vingança do berimbau

Miguezim de Princesa

Superado pelo tempo,

Ensinando muito mal,

Fabricando mil diplomas

Para entupir hospital,

O doutor da faculdade

Botou, com toda maldade,

A culpa no berimbau.

II

Disse o doutor Natalino

Que o baiano é um mocó,

Sem coragem e inteligência,

Preguiçoso de dar dó,

Só liga pra carnaval

E só toca berimbau

Porque tem uma corda só.

III

O sujeito ignorante

Não conhece o berimbau,

Que atravessou o mundo

Com toda a força ancestral.

Na fronteira da emoção,

Traz da África a percussão

Da diáspora cultural.

IV

Nem Baden Powel resistiu

À percussão milenar,

Uma corda a encantar seis

Na tristeza camará

De Salvador da Bahia.

Quem toca e canta poesia

Na dança sabe lutar.

V

O doutor, se estudou,

Na certa não aprendeu nada:

Diz que o som do Olodum

Não passa de uma zoada

E a cultura baiana

É uma penca de bananas,

Primitiva e atrasada.

VI

Jimmy Cliffi, Michael Jackson,

Paul Simon e o escambau

Se renderam ao Olodum

Com seu toque genial,

Que nasceu no Pelourinho

E hoje abre caminho

No cenário mundial.

VII

O baiano é primitivo?

Veja só o resultado:

Ruy foi o Águia de Haia;

Castro Alves, verso-alado

De poeta condoreiro,

E gente do mundo inteiro

Se curvou a Jorge Amado.

VIII

Bethânea, Caetano e Gil,

Armandinho, Dodô e Osmar,

Gal Costa, Morais Moreira,

Batatinha a encantar

João Gilberto, Bossa Nova

Novos Baianos são prova

Da grandeza do lugar.

IX

Glauber, no Cinema Novo;

Gregório, velha poesia;

Gordurinha, no rojão;

Milton, na Geografia;

Anísio, na Educação;

Dias Gomes, na encenação;

João Ubaldo e Adonias.

X

Menestrel da cantoria

Temos o mestre Elomar,

Xangai, Wilson Aragão,

Bule-Bule a improvisar,

Roberto Mendes viola

A chula – samba de Angola,

Nosso samba de além-mar.

XI

Se eu fosse citar todos

Que merecem citação,

Faria um livro de nomes

Tão grande é a relação.

Desculpe, Afrânio Peixoto,

Esse doutor é um roto

Procurando promoção!

XII

Com vergonha do que fez:

Insultar toda a Nação,

O tal doutor Natalino

Pediu exoneração

E não encontra ninguém,

Nem um nazista do além,

Para tomar a lição.

XIII

O baiano é pirracento,

Mas paga com bem o mal:

Dá uma chance a Natalino

Lá no Mercado Central

De ganhar alguns trocados

Segurando o pau dobrado

Da corda do berimbau..

Ahh, linux….

never see it again.

Inside or outside of the matrix?

redbluepills.png

Pqp, vida caotica, nem sem mais em que mundo vivo, hj pela manha ao tomar uma de minhas combinações farmacológicas percebi uma coisa familiar, duas pilulas, uma vermelha outra azul, um dilema vivido por Neo no filme Matrix(1) como todos sabem a escolha da pilula iria determinar em que mundo ele iria viver, no mundo da Ilusão(real) ou no mundo Verdadeiro(Matrix), Neo sem hesitar muito escolheu a Verdadeira, mas eu, eu ainda confuso, n sei, talvez a pilula certa n esteja no meu case de remedios, talvez ela seja preta com bolinhas amarelas, e talvez ela n exista, como diria o gato do país das maravilhas, pra quem n sabe onde ir, todo caminho é o certo, ou errado, as pilulas pra mim n são uma mera escolha, mas sim uma necessidade, eu tenho q entrar nesses mundos, hj preciso de um azeite pra rodar bem, entao, ainda na duvida, tomo as duas pilulas, quem sabe consigo o equilibrio.

Licio’s Interview

Intrevista que eu fiz com um dos mais assíduos colaboradores do projeto ubuntu-br.org

1: Nome/idade/nick/blog/wiki/launchpad/cidade/estado.tar.gz:
Licio Fernando N. Fonseca 😛 21 anos

blog: blog.licio.eti.br

2: Ocupação:

Sou Engenheiro de Sistemas do provedor uai.

3: Qual foi seu primeiro contato com computadores?

eu tinha uns 11 ou 12 anos, no trabalho do meu pai tinha computadores, ai eu tinha que esperar ele depois da aula e ficava “fuçando” os computadores.
4: E com linux?

Com linux, foi em 2000, comprei uma revista que veio com o conectiva, fiquei muito curioso para ver o linux funcionando.

5: Voce se considera um NERD?

Ah, não sei! Tavez um geek?

6: Qual personagem do mundo linux vc adimira

Não tenho um nome, mas eu admiro e muito toda a comunidade, todos aqueles que de alguma forma trabalham, não só no linux, mas em todos os software livres.

7: Porque?

8: Distro favorita, porque?

Precisa mesmo responder?

9: Alem de usar, qual seu envolvimento com o Ubuntu?

Atualmente estou envolvido com o BugSquad e um pouco com tradução. Faço parte do recém formado Conselho do Ubuntu Brasil, e tambem tenho trabalhado bastante com a divulgação do ubuntu pelo Brasil, ajudando na criação de novos grupos regionais e com a administração do servidor do ubuntu-br.

10: Que frutos vc acha que vai gerar o namoro da Novell com a M$?

Essa é uma questão muito complicada, mas uma coisa é certa, uma empresa para conseguir ter um bom trabalho e ganhar dinheiro com software livre ela precisa ser amiga da comunidade. Todos nós vimos diversos casos de empresas que entraram no mercado de software livre, mas desapareceram. Aliar ao inimigo da comunidade talvez não tenha sido uma boa ideia.

11: O que vc acha do SlackWare?

Eu acho uma boa distro, como acho varias outras. O Slackware segue uma filosofia, e gosto disso. O problema são algumas pessoas que quando alguem que nunca usou linux, quer usar algo, eles logo querem empurrar o slackware. Usuário quer saber como compilar um software, nem mesmo saber o que o ls faz, querem apenas usar.

12: O que vc acha do projeto Gnu, e essa filosofia do Richard Stallman

Eu sou um profundo admirador do projetor GNU, e tambem admiro o Stallman por todo trabalho que ele fez, e concordo com a filosofia do GNU, mas tenho que admitir que infelizmente, hoje temos que escolher entre a liberdade e o usuário, até porque a maioria dos usuários não entendem e não querem entender a filosofia.

13: Em quem linguagens vc programa?

Hoje eu trabalho muito com python e C.

14: Vc admira o Linus Torvalds?

Admirar não, mas ele fez algo muito importante.

15: vc admira o Bill Gates?

Também não admiro, mas reconheço que ele é uma pessoa muito inteligente.

16: Que Bandas vc escuta?

Nossa, eu gosto muito de punk e hardcore, eu costumo ouvir Blind Pigs, Gritando HC, nitrominds, nofx e bad religion.

17: Com quantos anos vc compilou o kernel pela primeira vez?

Nem sei, mas foi alguns meses depois de ter começado a usar linux.

18: Foi bom?!

Foi, principalmente porque não funcionou direito.. ehehehe

19: Qual a sua mais antiga lembrança?

O nascimento do meu irmão.

20: O que vc faz no tempo livre

Namoro! 🙂 Gosto muito de ir ao cinema e de sair para comer.

21: qual foi o ultimo livro que vc leu?

Praticamente Inofensiva, o ultimo livro da trilogia do Guia do Mochileiro das Galaxias.. 🙂

22: o que vc acha que tem que melhorar na comunidade ubuntu?

Hoje, nós precisamos ter uma maior integração entre os membros oficiais, com o Conselho esperamos que isso se resolva.

23: O que vc acha dos novatos que nao pesquisam?

Eu acho que não podemos confundir os que não pesquisam, com os que tem duvidas r\u00e1pidas. Mas em geral, tudo é uma questão de cultura, muita gente não est\u00e1 acostumado com a nossa cultura, mas não é por isso que voc\u00ea deve responder mal essas pessoas, o primeiro passo é guia-las (mandar ir para o google não é guiar).
Hoje o ubuntu-br é muito bem documentado, nós temos o guia, o wiki, uma busca, até mesmo o planeta. Sem contar que a documentação em ingles também é farta, então não tem desculpa.

24: Vc cria de animais de estimação?

Não, eu moro em apartamento e animais não são permitidos no condominio.

25: Vc acredita em Deus?

Intrevista feita para o site http://behind.ubuntu-br.org/ 

Eu acredito muito em uma força superior.

computer area

meme

tah ae, esse eh o toshiba q mais uso, chamo ele de krakatoa, roda ubuntu dapper, no momento tah rodando Openbox com yab+irssi e urxvt e gaim, eh um centrino 1.6 com gravador de dvd, wifi, sd card e o cachorro de quebra 😀

crimeboy@krakatoa:~$ cat /proc/cpuinfo
processor : 0
vendor_id : GenuineIntel
cpu family : 6
model : 13
model name : Intel(R) Pentium(R) M processor 1.60GHz
stepping : 8
cpu MHz : 798.121
cache size : 2048 KB
fdiv_bug : no
hlt_bug : no
f00f_bug : no
coma_bug : no
fpu : yes
fpu_exception : yes
cpuid level : 2
wp : yes
flags : fpu vme de pse tsc msr pae mce cx8 apic sep mtrr pge mca cmov pat clflush dts acpi mmx fxsr sse sse2 ss tm pbe est tm2
bogomips : 1598.39

assim como fez o Licio e o Renan

convido o Ubuntuser e o n3t0 a exibir sua computer area

😀